Área do representante



Blog - Imeltron

Buscar post:
  
16
MAI

Como fazer Croutons    

 

Algumas receitas podem até parecer coadjuvantes mas, na hora de provar, nos surpreendem e acabam tomando o papel principal de muitas refeições. É o que penso toda vez que como croutons. Eles ficam ali, separadinhos, para compor uma salada ou uma sopa, e quase não chamam muita atenção. Mas eis que, na primeira colherada, você é surpreendido pela explosão saborosa desse pequeno pãozinho torrado que deixa a comida incrivelmente mais gostosa. 

Os croutons são muito conhecidos nos Estado Unidos, sendo usados em diversas receitas por lá. Mas sua origem, como a tônica do próprio nome já sugere, é francesa. Croûton vem da palavra francesa “croûte”, que significa crosta. A receita nada mais é que um pão cortado em pequenos quadradinhos assados com alguma gordura, normalmente o azeite, com sal, pimenta e um segredo, que deixa essa receita toda especial, as ervas finas. O que faz dos croutons um complemento refinado para saladas e sopas e com valor um pouco elevado em alguns supermercados é exatamente esse último ingrediente. As ervas finas devem compor o tempero de um bom pacotinho de crouton.

Como não poderia deixar de ser, por se tratar de uma receita francesa, as ervas mais comumente usadas para o preparo dos croutons são as “Herbs de Provence” ou ervas da Provença, misturas feitas com plantas culinárias originárias das zonas do mediterrâneo, particularmente da Provença, no sul da França. É um ingrediente típico, extremamente conhecido na França, e seu diferencial está no fato de não levar nenhum condimento, apenas ervas regionais. Algumas regiões adicionam orégano, cominho, estragão, sálvia e louro, e a composição pode variar de região para região. Mas, em uma legítima mistura de ervas da Provença, não pode faltar alecrim, tomilho, lavanda e manjerona.

As ervas de Provença podem ser usadas em praticamente todos os preparos, como quiches, legumes, carnes, guisados, saladas, vinagretes e por aí vai. A mistura também dá um toque especial a azeites e molhos. Pode usá-la sem medo para garantir uma receita final super aromática e saborosa! Os franceses que moram na região da Provença têm a sorte de poder utilizar todos esses temperos frescos, retirados direto de suas próprias hortas. Nós também podemos, é claro, mas infelizmente não é todo mundo que tem espaço para cultivar uma hortinha em casa, com uma variedade dessas para produzir suas próprias ervas.

A solução? Simples: nós podemos aproveitar essa deliciosa mistura feita com as ervas secas! Você pode tranquilamente juntar todos os ingredientes secos comprados em mercadões e casas de produtos naturais, mas, se quiser praticidade, pode comprar os saquinhos com a mistura já pronta, hoje em dia facilmente achados em feiras e grandes supermercados.


Certamente, você não terá muitas dificuldades em achar as Herbs de Provence para temperar os seus pratos e, acredite em mim, depois de utilizá-las uma primeira vez, nunca mais ficará sem elas em sua casa. O que pode sim ser um problema é a forma de armazenar essas ervas. Elas são muito delicadas, sensíveis e aromáticas, cultivadas de forma especial e com muito cuidado. Então, para que todos seus aromas e sabores sejam preservados até a hora do consumo, você precisa armazená-las da forma correta. É essencial que as ervas da Provença sejam guardadas em um recipiente com tampa, muito bem fechado e que de vidro. Para não correr o risco de usar qualquer potinho inadequado e perder essas ervas, eu uso o moedor de ervas da Bisetti.

O moedor de ervas da Bisetti é de vidro, com tampa em aço inox escovado e possui o moinho específico e correto para as ervas, que é o de cerâmica. Como já contei no post das Batatas Rústicas, o bom e correto moedor para cada item é essencial na cozinha de qualquer pessoa. O moedor evita a entrada de ar e umidade nos alimentos e faz com que todas as propriedades (no caso das ervas, as essências e aromas) sejam liberadas apenas na hora da moagem, deixando suas preparações muito mais perfumadas, temperadas e aromáticas.

Sem contar que acho esse modelo de moedor lindo e aqui em casa deixo exposto e à mão, para ser usado sem medo a toda hora e ainda decorando minha cozinha!

INGREDIENTES
6 fatias de pão de forma
Azeite
Sal
Pimenta
Ervas da Provença

MODO DE PREPARO
Separe as fatias de pão de forma e corte tiras nos dois sentidos, tendo como resultados vários quadradinhos de pão. Você pode decidir se usa as bordas dos pães ou não, vai do seu gosto. Disponha os quadradinhos em uma forma e regue com azeite. Tempere com sal, pimenta e, para finalizar, ervas da Provença. Leve ao forno pré-aquecido a 180° C por aproximadamente 15 minutos ou até ficarem crocantes.

RENDIMENTO
6 porções.

DICAS
Sirva seus croutons caseiros com saladas e sopas.

 

 

 

Página inicial | Voltar

  • Bialetti
  • BIALETTI CAFE
  • Ghidini
  • Emile Henry
  • Marcato
  • Leonardo
  • Gaggia
  • Luigi Bormioli
  • Cuisipro
  • Alfi
  • Eppicotispai
  • Packit
  • Barazzoni
  • Bisetti
  • S & P
  • Ariete
Imeltron 2013. Todos os direitos reservados.
Voltar ao topo!
Cereja